3º Festival Junino movimenta fim de semana em Xinguara Principal Secretaria de Educação Publicação Voltar

Secretaria de Educação

3º Festival Junino movimenta fim de semana em Xinguara


Secretaria de Educação, publicado em 27/06/2022


Depois de dois anos suspenso, por causa da pandemia da Covid-19, o Festival Junino de Xinguara voltou a movimentar a praça Vitória Régia na última sexta-feira, 24, e sábado, 25. Foram dois dias da tradicional festa da Educação e Cultura do município. O local recebeu decoração e barracas de comidas típicas, comandadas por equipes das unidades escolares. Uma oportunidade se servir ao público que prestigiou os alunos e também de garantir uma renda extra para as escolas, como conta Daiany Lima, professora da creche Profª Normy Caetana Bueno. “A ideia, assim como na nossa festinha junina na creche, é arrecadar dinheiro para comprar brinquedos para a nossa brinquedoteca”, contou.


Na sexta-feira a programação contou com oito apresentações, destas, três valendo a disputa pelo titulo do concurso de quadrilhas juninas. São José com o tema Arraiá Junino; Henrique Francisco Ramos com O mundo Encantado: A Princesinha que Sonhava em ter muitas Bonecas e Tancredo de Almeida Neves homenageando os 40 anos do Município. No sábado houve mais quatro apresentações de convidados e quatro concorrendo ao campeonato. A Jader Fontenelle Barbalho contou a história de João e Maria e o Pássaro Enfeitiçado; O distrito Rio Vermelho, com a Padre João Luiz Purguy, apostou em Capitães de Areia; A Cora Coralina trouxe Mais Amor e a Acy de Barros Pereira encerrou com Relíquias de Gonzagão.


Cada escola teve até 25 minutos para apresentar seu número. Sete jurados avaliaram quesitos como coreografia, evolução, harmonia, animação, figurino.


“Foi difícil para a gente avaliar, eu como nordestina, posso dizer que Xinguara está de parabéns”, falou Lilian Guimarães, influenciadora digital, jurada do concurso.


O Festival é aberto para a inscrição de todas as unidades da rede de ensino municipal, basta que as equipes sejam montadas com alunos matriculados.


“Todas as escolas estão de parabéns, quero agradecer aos servidores, alunos, aos pais que estão sempre nos apoiando, a expectativa estava grande e nós conseguimos superá-la”, afirmou Genival da Silva, secretário municipal de Educação e Cultura.


Desde a primeira edição só uma coisa não mudou, a campeã. A escola Acy de Barros Pereira, assim como em 2018 e 2019, garantiu o título de 2022. A tricampeã levou mais um troféu e um cheque de R$ 3 mil. O grupo comandado pelo coreógrafo Israel Morais alcançou nota máxima dos jurados e o carinho da plateia.


“Foi um trabalho de esforço e dedicação. Apenas duas semanas para construir o que trouxemos para todo este público hoje. O lema do Acy é sempre fazer o melhor e mais uma vez conseguimos”, disse, emocionada, a diretora Ruth Rios.


O vice-campeonato ficou com a Tancredo de Almeida Neves que faturou R$ 2 mil e o terceiro lugar, valendo R$ 1 mil, foi para a Jader Fontenelle Barbalho.


O Festival Junino veio para ficar, a secretaria de Educação e Cultura vai inscrever a atração no calendário de eventos do Ministério do Turismo.


“Quero parabenizar todos os alunos por essas apresentações lindas. Meu agradecimento à secretaria de Educação pela realização deste momento de confraternização do nosso município, é uma alegria acompanhar esta festa, viva São João!” acrescentou o prefeito Dr. Moacir Faria.


Além das quadrilhas juninas e das apresentações culturais teve show de Lucas Ferraz na sexta e de Di Luca e Raphael no sábado.


Por Elisa Lopes





VEJA TAMBÉM